Skip navigation


Ainda das “americas”, na cidade de Bellingham em Washington e San Diego, Califórnia, podemos encontrar a Softride Inc e a TitanFlex, respectivamente.
As Softride e Titanflex parecem ser boas proposta para ciclismo de estrada, triatlo e time trial. Mas não consigo deixar de lado o descrédito com que expõem as bicicletas no site, (especialmente a Softride), e naturalmente a forma como se retratam no mesmo. Que têm uma influência grande nos argumentos que usam para vender a ideia.

Acho ambas as propostas interessantes e com algumas possíveis vantagens face a outras bicicletas de estrada que também me interessam (sem saber os preços de todas ainda), e que aproveito aqui para abrir um parênteses grandito para listar algumas delas:
Bottecchia 8avio, Specialized Roubaix, Cérvelo RS, Pinarello FP5, DeRosa Neo Primato, Orbea Ora. Colnago Strada SC, Colnago Master X lite, BMC Racemaster SLX, Van Nicholas Zephyr, Guerciotti Alero, Felt F1SL, Simplon Pavo e Fondriest RP3.
Porque têm diferenças e promessas de viver uma viagem de forma diferente, que podem ser vantajosas.
Neste caso, estas vantagens estão relacionadas com o conforto, versatilidade de geometrias e um outro aspecto menos significativo para mim, a aerodinâmica. Não são nada que outras bicicletas também não tentem proporcionar, mas estas são claramente mais confortáveis (e mais aerodinâmicas também). Com o acréscimo de uma aparência singular, que me agrada, muito embora a ache visível de mais para mim tal como os painéis publicitários que a maioria das bicicletas teimam em ser hoje em dia.

Softride
foto: Road Bike Review

O conforto fica-se a dever ao tubo horizontal, que é também onde está o selim, absorvendo os impactos da estrada por intermédio quer, de uma ‘suspensão’ qualquer (que não percebo qual é) nas Softride, e de um tubo de titânio que flecte nas Titanflex, daí o nome. Um aspecto único destas bicicletas é a possibilidade de a adequarmos ao nosso corpo, já que podemos alterar, quando bem entendermos, a distância entre o selim e o tubo de direcção, e posiciona-lo consoante interesses e conforto.
O peso mais para baixo e a suspensão, segundo dizem, faz com que curve mais facilmente, que é coisa boa, mas não incrivelmente necessário numa bicicleta de estrada.

A Softride afirma que é necessário menos energia para ir de A a B. Mas uma simulação por computador não é argumento suficiente para convencer ninguém. Nem nunca vi ninguém a andar mais rápido porque tinha uma bicicleta com suspensão. Alías, são coisas como estas que me fazem ter mais credibilidade na Titanflex, com boas explicações técnicas, analises e um fórum, que transparece um atitude de quem confia do que faz.

Eu tenho os olhos postos na Qualifier SE Road ou na TitanFlex Transition, às quais adicionaria um Easton AeroForce MOD (ou produtos do género :P). Mas de facto, não estou inteiramente convencido com os argumentos da Softride, e nem com uma empresa que dá mais relevância a um suporte para colocar a bicicleta no carro do que à bicicleta em si. A ideia que transmitem, é de que o produto não vale nada. Acabo por me inclinar mais para as Titanflex, até porque os quadros são mais leves.
No fundo, não consigo sentir o mesmo entusiasmo que senti da primeira vez que conheci as marca, especialmente a Softride. Mas sei que devem ser mais confortáveis, e para quem anda todo equipado; é magro; forte, e anda numa posição adequada com um equipamento para o efeito, devem ser de certo, bicicletas bastante aerodinâmica e que devem reduzir de facto o esforço para chegar de um lado ao outro. Lembram-me a Kestrel Airfoil.

Contudo, quem experimentou, parece ter adorado, e existem até bastantes fotos de quem têm uma Softride no flickr e bem menos de quem tem uma Titanflex.
Gostava de testar uma de cada marca, mas até que ambas as marcas decidam distribuir as suas bicicletas na Europa e em Portugal, fico à espera, confortavelmente, até que isso aconteça. Até porque existem outras marcas com propostas excelentes, e o conforto em última instância, é algo que se resolve com um USE RX Carbon Shokpost (ou algo de género), ficando contudo, longe de permitir a flexibilidade no ajuste da geometria como ambas as marcas.

Titanflex
foto da Titanflex

No entanto, na dúvida, pela diferença e vantagens propostas por estas marcas e pela postura da TitanFlex, cá ficam as duas na minha históriazinha das bicicletas “espetaculares” :D

About these ads

8 Comments

  1. Confesso que gostaria de experimentar qualquer uma delas. Quando conseguires meter mãos numa, diz qualquer coisa! :D

    • drkosmos
    • Posted Julho 19, 2008 at 5:05 pm
    • Permalink

    Quando as encontrar, logo aviso! ;) mas o mais provável é que ninguém se interesse muito por isso em Portugal, e até lá, compre um dos outros quadros que referi e o restante equipamento claro..

    • jairo
    • Posted Agosto 28, 2008 at 10:26 pm
    • Permalink

    Gostaria de saber quem está afim de vender um quadro da Softride Power V preta ou vermelha
    ou a Classic TT 650c Frame amarela

    011 46694752

    • marcelo
    • Posted Maio 31, 2009 at 12:39 am
    • Permalink

    softride power V preta a venda triregis@globo.com

    • Luiz
    • Posted Novembro 10, 2009 at 3:08 am
    • Permalink

    Prezado,

    a Softride parou de fabricar as bikes, por isso o pouco entusiasmo, como vc mesmo disse.

    Eu tenho uma Power V, andar na bike é um “passeio” de confortável!

    Nunca experimentei a titanflex, no entanto se for para recomendar as Softrides eu assino embaixo! Ela é super confortável, confiável, aerodinâmica, ajustável milimetricamente como poucas, etc… tudo o que se quer de uma bike para percorrer grandes distâncias e com muito mais conforto que um quadro rígido “double diamond”.

    Valeu!

    • hugo
    • Posted Janeiro 2, 2010 at 1:16 pm
    • Permalink

    eu tou a comecar com uma soft ride eé uma bicicleta completa, ainda nao vi nenhuma no algarve talvez seja por causa do preço, porque do resto, em termos de conforto acelaraçao, curvas é nota, taLVEZ AS SUBIDAS CUSTEM MAIS COM ELA, mas nao muito mais que as outras…

  2. Prezados

    Já tive duas Softrides e estou procurando um quadro pra comprar.
    Esta bike é verdadeiramente maravilhosa em termos de conforto e o modelo Rocket é considerdo por muitos no mundo do triathlon como uma das mais velozes bikes ja produzidas. Pena que não são mais fabricadas. Ainda existem quadros novos a venda nos USA. Aqui no Brasil temos que garimpar até encontrar. Se souberem de alguem vendendo alguma me avisem. Um abraço a todos.
    José Salmaso – São Paulo.

    • mau_ruiz
    • Posted Julho 2, 2010 at 1:42 pm
    • Permalink

    Vendo Softride 650c Zipp fechada atras + corima dianteira com 2 pneus tubulares continental sem uso + rodas de treino R$ 2.800,00 mau_ruiz@hotmail.com


Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: